Salada de atum com queijo e picles

Esquenta, esfria, esquenta, esfria. Esse tempo maluco mexe também com nosso apetite e com as nossas escolhas na hora de cozinhar.  Semana passada eu estava pensando em sopas e agora só penso em saladas… Aí lembrei dessa, que minha mãe faz desde sempre, principalmente quando está esse tempinho calorento.  É pra lá de simples e deliciosa.

Ingredientes
1 pé de alface (de preferência lisa)
200 gr de queijo prato
1 lata de atum
picles à gosto
maionese também à gosto

Corte a alface em tiras finas, o queijo em cubos pequenos e o picles em pedaços pequenos. Em separado amasse o atum. Misture tudo e junte a maionese. Tá pronto! :-)

Anúncios

Frango com cerveja

Não gente, não é pra beber a cerveja enquanto cozinha o frango! A Dani Marques mandou uma colaboração pro blog que, de acordo com ela “é tão fácil, mas tão fácil que é daquelas receitas que dá pra pedir pro marido ou namorado fazer sem risco algum.” rs. E ela ainda mandou a receita do acompanhamento! Chique demais, hein! Pra quem tá sem idéia pra cozinhar no findi, tente esse cardápio “facinho” e gostoso. Brigada Dani! Vejam a receita com os comentários dela:

“Eu adoro cozinhar. E o que mais tem na minha família é “chef”. Cozinheiras e cozinheiros bons demais. Da minha vó mineira que faz de um tudo ao meu cunhado espanhol que faz sushi ao meu priminho de 6 anos que já sabe fazer pão de queijo e bolo.
Agora a pouco, fiz uma das “especialidades” daqui de casa. Frango na cerveja. É uma receita ridícula de fácil, mas que todo mundo gosta e “adota” quando prova. E vai muito bem com creme de milho.”

Frango na cerveja

– 6 ou 8 pedaços de frango (eu gosto de coxa e sobrecoxa)
– um pacotinho de Sopa de Cebola (não pode ser o creme)
– uma latinha de cerveja.

Coloque o frango num refratário. Por cima jogue a sopa e a cerveja. Cubra com papel alumínio (parte brilhante para dentro). Você pode fazer com antecedência ou na hora de preparar mesmo. Leve ao forno pré-aquecido a 200º mais ou menos por uma hora. Tire o alumínio e deixe por mais meia hora mais ou menos, até dourar :).

Acompanha arroz branco e Creme de Milho:

– 2 colheres de manteiga
– 2 colheres de farinha de trigo
– 2 copos de leite (mais ou menos 400 ml)
– 2 latas de milho verde
– sal e noz moscada

A base é um bechamel. Na panela dem fogo médio, derreta a manteiga, e adicione a farinha. Vá misturando o leite (frio mesmo, não tem perigo) aos poucos sem parar de mexer para não empelotar (caso isso aconteça, não apavore, porque a gente usa o mixer para triturar o milho, o que já elimina eventuais grumos da farinha). Antes de colocar o milho tempere com sal e noz moscada (não pode faltar. Uso bastante, cerca de uma colher de café cheia). Agora adicione uma das latas de milho e bata bem com o mixer na panela mesmo. Deixe cozinhar por uns 5 minutos, coloque a outra lata e cozinhe por mais 5 minutos, mexendo de vez em quando pra não grudar. Tem quem goste de misturar duas colheres de creme de leite, mas eu não faço questão. Gosto do creme mais firme e também porque evito deixá-lo ainda mais “engordativo”.